Divulgação do metal português

Notícias

Nihility, lança dia 24 de Maio o seu álbum de estreia “Thus Spoke The Antichrist”

Nihility, banda portuense de black / death metal formada no ano de 2012 lança no dia 24 de Maio o seu álbum de estreia “Thus Spoke The Antichrist”, disponível no bandcamp da editora sueca Black Lion Records. Apresenta nove temas entre os quais “Indulge Self Restraint”, “Organic Fallacies” e “Will to Nothingness”. Produzido, misturado e masterizado no Ultrasound Studios, tem na capa uma ilustração do pintor francês Gustave Doré (1832 – 1883 e sim é o mesmo que os Emperor recorreram no split com os Enslaved em 1993 ao utilizarem o desenho “A Visão da Morte”). A banda é constituída por Mário Ferreira (voz), Renato Barbosa (guitarra), Miguel Vanzeler (guitarra), Miguel Seewald (baixo) e Luís Moreira (bateria).

Nihility.jpg

No próximo dia 15 de Junho será o concerto de apresentação deste álbum no Canecas Bar em Paços de Ferreira com a presença dos Dallian (progressive / symphonic / death metal – Leiria) e Wrath Sins (thrash / progressive metal – Vila Nova de Gaia).

15_Nihility.jpg

Segue o tema “Indulge Self Restraint” dos Nihility.

Anúncios

Fogo Infernal, novo projecto de Ricardo Pombo com sonoridade black metal, apresenta “Demo I”

Fogo Infernal

Ricardo Pombo, conhecido como vocalista da Cruz de Ferro, apresenta o seu novo projecto de nome Fogo Infernal, black metal com letras portuguesas, e que tem disponível no bandcamp da banda  a “Demo I” com os temas “Lusitânia Obscura”, “Ladrões de Almas”, “Os tempos do Fim”, “O Cronista das Trevas”, “Intro” e “Habemus Papam”.

A música e todos os instrumentos ficaram a cargo do Ricardo Pombo, Eurico dias escreveu as letras de “Ladrões de Almas” e “Os Tempos do Fim”, enquanto que as letras de “Lusitânia Obscura” ficaram a cargo da Cátia Godinho. O logo ficou a cargo do João Pereira.

Aqui podemos ouvir o tema “Fogo Infernal”.

 


Speedemon, com a faixa “Speedemon” para ouvir e concerto de apresentação ao álbum “Hellcome” no dia 17 de Maio

Na sexta-feita 17 de Maio os Speedemon apresentam no Side B Rocks em Alenquer o álbum “Hellcome” e terá como banda convidada os Pure Steel Band.

17_Speedemon

Este será o primeiro longa-duração dos Speedemon de Vila Franca de Xira, praticantes de speed / thrash metal formados em 2011 e que conta com a seguinte formação: Bruno Brutus (voz / guitarra), Jorge Bicho (guitarra), Diogo “Diley” Pereira (baixo) e Luís Meco (bateria).

Antes tinham apresentado o tema “Atrocity Divine” e aqui segue o tema “Speedemon”.


World of Metal # 28 – Maio 2019

Novo número da World of Metal, de download gratuito, com 124 páginas escritas em português, que mostram bem o trabalho do seu director Fernando Ferreira, assim como de toda a equipa de colaboradores. Desta vez apresentam entrevistas com:

  • Meridian – heavy metal (Dinamarca)
  • Pledge – post-hardcore / indie (Viana do Castelo)
  • Lazibones Flame Kids – post-rock / emotional indie core (Itália)
  • Asphodelia – symphonic metal (Itália)
  • Toxik Attack – thrash metal (Guimarães)
  • Armortura – thrash metal (Inglaterra)
  • Rama – stoner (Itália)
  • A Dream of Poe – gothic /doom metal (São Miguel (Açores) / vários)
  • My Enchantment – melodic death metal (Barreiros)
  • New Mecanica – rock / metal (Barreiro)
  • Tó Pica – rock / metal (Lisboa)
  • Steel Prophet – power metal (EUA)
  • Kampfar – pagan black metal (Noruega)
  • Cellar Darling – progressive folk rock (Suiça)
  • Myrath – progressive metal (Tunísia)
  • Misery Index – death metal / grindcore (EUA)
  • Candlemass – epic doom metal (Suécia)
  • Sugiru – rock (Porto)

WOM Maio 19

Os vimaranenses Toxik Attack apresentaram em Março de 2019 o vídeo “Prazer de Matar” do álbum “Assassinos em Série” lançado através da Helldprod Records.

 


Waterland apresenta o vídeo “Darklight” do novo álbum “Darklight in Riverwood”

Waterland

Waterland, banda de Barcelos fundada em 2007 e praticante de melodic power metal apresenta o vídeo do tema “Darklight”, em avanço do álbum “Darklight in Riverwood”, com edição prevista para Setembro de 2019 e que será o seu quinto longa-duração após os álbuns “Waterland” (2008), “Virtual Time” (2010), “Our Nation” (2015) e “Signs of Freedom” (2017). A banda é composta por Patrícia Loureiro (voz), Miguel Gomes (guitarra), António Silva (teclados), Ivan Batista (baixo) e Tiago Moreira (bateria).


Loud! # 218 – Maio 2019

Não se pode dizer muito quando se publica o número 218 desta revista que é um marco no panorama nacional! Este número da Loud! apresenta na capa os noruegueses Darkthrone, outra das grandes instituições a nível mundial do que é o metal e da importância desta banda ao longo dos vários anos. Ora bem, são ao todo 60 páginas em português, com o que já nos vem habituando, desde as notícias às críticas, sendo de realçar o regresso dos artigos do David Soares, sob o título “Marginália e Imaginário”, assim como a fantástica segunda parte do Loud!DJ com Belathauzer e Arrno Maalm dos Filii Nigrantium Infernalium. Ao todo entrevistas com:

  • Solar Corona – psychedelic rock (Barcelos)
  • Myrath – progressive metal (Tunísia)
  • Cinemuerte – rock (Lisboa)
  • Earth – psychedelic / post-rock (EUA)
  • Inter Arma – sludge / black / death / post-metal (EUA)
  • Gaahls Wyrd – black metal (Noruega)
  • Enforcer – heavy / speed metal (Suécia)
  • Martelo Negro – death / black / thrash metal (Lisboa)
  • Darkthrone – black / heavy / speed metal (Noruega)
  • Enthroned – black metal (Bélgica)
  • Full of Hell – grindcore / death metal (EUA)
  • Possessed – death / thrash metal (EUA)
  • Fleshgod Apocalypse – symphonic / technical death metal (Itália)

 

Loud

Para acompanhar nada melhor que os Martelo Negro, aqui com o tema “Rameira Necromante” do seu último álbum “Parthenogenesis” lançado pela Helldprod Records.

 


Fora de Rebanho, com mais concertos logo à noite na ASDREQ (Quintela de Orgens / Viseu)

 

Mais uma noite de música bem animada e organizada pela Fora de Rebanho – Associação Cultural e que conta com o seguinte cartaz:

11_Fora do Rebanho

The Quartet of Woah – rock – Lisboa, formados em 2010 editaram o seu segundo longa duração com o título “The Quartet of Woah!” em 2017 pela Raging Planet Records

Prayers of Sanity – thrash metal – Lagos, com três trabalhos editados sendo o último de 2017 com o título “Face of the Unknown” pela Rastilho Records, esta banda algarvia foi fundada em 2007 para reviver os velhos temas thrash que se faziam nos anos 80

Systemik Violence – “Satanarkist Raw Metalpunk Hardcore Attack!!!” é assim que esta banda lisboeta define o seu som, sendo o EP 7″ “Anarquia-Violência” editado em Abril de 2018 o seu último lançamento

Bad! – raw / core – Caldas da Rainha

M.I.L.F. – metal – Braga, Music in Low Frequencies!

 

Para terminar aqui segue o tema “Someday” dos Prayers of Sanity do seu último álbum “Face of the Unknown”.