Divulgação do metal português

Sem categoria

Loud! # 231 – Junho 2020 – Edição gratuita

Continuando a última publicação a situação ainda não é das melhores e num esforço da Loud! segue mais um número de distribuição gratuita aqui, em que basta o vosso nome e o mail para ser enviada.

No editorial deste número está a possibilidade de voltarem ao formato e distribuição habitual no próximo número em Julho. Vamos aguardar para ver se corre tudo bem. Como coleccionador de todos os números, fico sempre na ansiedade se haverá um edição especial com estes três números, mas em formato de revista. Seria excelente!

Para já temos neste número a capa a pertencer aos Carach Angren, que editaram o seu álbum “Franckensteina Strataemontanus” e no interior várias rubricas e entrevistas entre outros com:

  • Gatos Pingados – punk (Almada)
  • Palaye Royale – rock (EUA)
  • The Wise Man’s Fear – “fantasycore” (EUA)
  • Bleeker – alternative (Canadá)
  • Within Temptation – symphonic / alternative rock (Países Baixos)
  • Sacred Sin – old school death metal (Lisboa)
  • Patrulha do Purgatório – punk rock
  • Candura – black metal / noise (Lisboa)
  • Irae – black metal (Lisboa)
  • Vampire – death metal (Suécia)
  • Carach Angren – symphonic black metal (Países Baixos)
  • Ensiferum – melodic folk metal (FInlândia)
  • Rotting Out – punk / hardcore (EUA)
  • Green Carnation – prog / rock / avant garde / metal (Noruega)
  • Vader – death metal (Polónia)

LOUD 231

Sacred Sin editou em Março deste ano o EP “Born Suffer Die”, do qual segue o tema que dá o nome a este lançamento.


Loud! # 230 – Maio 2020 – Edição gratuita

A situação não é das melhores mas a Loud! disponibiliza de forma gratuita a descarga do mês de Maio, em que apresenta na capa os britânicos Paradise Lost que acabam de editar o seu álbum “Obsidian”. Além do número 230 da Loud!, ainda somos contemplados com um tema em mp3 dos nacionais Els Focs Negres, assim como um memorando do que acarreta estas edições. A ler atentamente!

Para adquirem este número basta apenas inserirem o vosso nome e email aqui na página da publicação.

Neste número temos então entrevistas com:

  • Els Focs Negres – heavy metal / speed metal (Portugal)
  • Kingsmen – metalcore (EUA)
  • Firewind – heavy / power metal (Grécia / Alemanha / Bélgica)
  • Dool – dark rock (Países Baixos)
  • Enter Shikari – rock / punk / hardcore (Inglaterra)
  • Witchcraft – doom metal / psychedelic hard rock (Suécia)
  • Therapy? – alternative metal (Irlanda do Norte)
  • Candlemass – epic doom metal (Suécia)
  • Horisont – hard rock (Suécia)
  • Trivium – metalcore / thrash / heavy metal (EUA)
  • Old Man Gloom – sludge metal / ambient / noise (EUA)
  • Paradise Lost – gothic metal / rock (Inglaterra)
  • Mercyful Fate – heavy metal (Dinamarca)
  • The Black Dahlia Murder – melodic death metal (EUA)
  • Triptykon – gothic / doom / death / black metal (Suiça)

loud 230


É o corona! – vídeo

“É o corona”, vídeo lançado que reúne alguns músicos portugueses da nossa cena nacional, com o lançamento a ficar a cargo do Caminhos Metalicos, em colaboração com o Blind & Lost Studios e a G Media ao aproveitar este tempo de quarentena na prevenção do COVID-19.

 

Para não ficar ninguém esquecido aqui segue a lista das participações retiradas da informação disponível no vídeo do YouTube:

PARTICIPAÇÕES: VOZES: Ana Lara (ex-Oratory) Artur Almeida (Attick Demons) Carlos Guerra (Serrabulho) Hugo Soares (Iberia) José Costa (Sacred Sin) Leonel Silva (Hourswill/Mindfeeder) Lex Thunder (Midnight Priest/Toxikull) Miguel Inglês (Equaleft) Muffy (KarbonSoul) Pedro Leal Dias (Gwydion/Invoke) Raça (Revolution Within) Ricardo Pombo (Cruz de Ferro) Rui Duarte (Ramp) Rute Fevereiro (Enchantya) Sandra Oliveira (Blame Zeus) Tiago Azevedo (Lyzzärd) GUITARRAS: Miguel Adriano (Gwydion) Miguel Gomes (Waterland) Paulo Barros (Tarantula) Paulo Camisa (Nethergod) BAIXO: Guilhermino Martins (Serrabulho) BATERIA: Zakk Ovid PARTICIPAÇÕES VIDEO: Álvaro Fernandes (Pitch Black) António Fonseca (Zurrapa) Augusto Peixoto (Host) Bruno Guilherme (Enchantya/Cruz de Ferro) Fernando Campos (My Enchantment/Enchantya) Ivan Saraiva (Serrabulho) João Sérgio Reis (Iberia) José Bonito (Hourswill) Luis Barros (Tarantula) Luis Figueira (Gwydion) Margarida Veiga (Lyzzärd) Nuno Peixoto (Hourswill) Paulo Ventura (Serrabulho) Ricardo Dias (Heavenwood) Tó Pica (Sacred Sin) Victor Matos (Web) Vitor Costa (Godark) FICHA TÉCNICA: PRODUÇÃO: Carlos Guimarães e Guilhermino Martins MISTURA E MASTERIZAÇÃO: Guilhermino Martins @ Blind & Lost Studios LETRA: Carlos Guimarães MÚSICA ORIGINAL: “My Sharona” (The Knack) VIDEOCLIP: Carlos Guimarães @ G Media PRODUÇÃO EXECUTIVA: Carlos Guimarães 

LETRA: Ele veio de Wuhan, lá na China. Para nos contaminar, o Corona. Isto não vai lá só com aspirina, Tão cedo não vai passar, o Corona. Lava as mãos, com sabão, espirra para a manga E não para o chão, tem cuidado porque ele é… Ai, Ai, Ai, Uhhh É-é-é é o Corona Não te armes em esperto, na esplanada. Ele vai te apanhar, o Corona. Nem andes a passear, junto à praia. Não sejas vítima do Corona. Lava as mãos, com sabão, espirra para a manga E não para o chão, tem cuidado porque ele é… Ai, Ai, Ai, Uhhh É-é-é é o Corona Estamos de quarentena, mas que cena! Não penses que escapas ao Corona. Dalguns não temos, temos pena. Pensam que são mais espertos que o Corona. Lava as mãos, com sabão, espirra para a manga E não para o chão, tem cuidado porque ele é… Ai, Ai, Ai, Uhhh É-é-é é o Corona


Loud! # 229 – Abril 2020 – Edição gratuita

Devido a este período instalado pelo COVID-19 que abalou completamente o mundo a equipa da Loud! decidiu disponibilizar de forma gratuita a descarga do número de Abril . Para isso basta apenas inserirem o vosso nome e email aqui na página da publicação.

Esperar que em breve tudo volte à normalidade!

Neste número temos então entrevistas com:

  • Carach Angren – symphonic black metal (Países Baixos)
  • Krypto – noise / psych / rocknroll (Porto)
  • Toundra – atmospheric post-metal (Espanha)
  • Huntsmen – sludge / doom / post-metal (EUA)
  • H.E.A.T. – hard rock (Suécia)
  • Lucifer – heavy / doom metal / rock (Internacional)
  • Jonathan Húlten – ambient folk (Suécia)
  • Cirith Ungol – heavy / doom metal (EUA)
  • Katatonia – progressive / alternative rock / metal (Suécia)
  • Igorrr – experimental / electronic / extreme metal (França)
  • Myrkur – atmospheric black metal / folk (Dinamarca)
  • Nightwish – symphonic metal (Finlândia)
  • Dark Fortress – progressive / melodic black metal (Alemanha)
  • Terrorizer – death metal / grindcore (EUA)
  • Oranssi Pazuzu – psychedelic black metal (Finlândia)

LOUD

 


Loud! # 224 – Novembro 2019

Nas bancas, está o novo número da Loud!, com 60 páginas escritas em português e apresenta na capa os noruegueses Mayhem que apresentam o seu novo álbum “Daemon”. Mais um número com a qualidade a que esta equipa da Loud! já nos vem habituando, apresentando mais um “Especial Lusofonia” e ao todo temos entrevistas com:

  • Hourswill – progressive metal (Lisboa)
  • Soul of Anubis – metal / sludge / doom (Santa Maria da Feira)
  • Blame Zeus – heavy rock / alternative metal (Porto)
  • Scum Liquor – heavy metal / punk rock (Brandoa)
  • My Master the Sun – sludge / doom / psychedelic (Lisboa)
  • Volbeat – heavy / groove metal / hard rock (Dinamarca)
  • Bad Wolves – metalcore (EUA)
  • Norma Jean – metalcore (EUA)
  • Alcest – post metal / shoegaze (França)
  • See You Space Cowboy – metalcore (EUA)
  • Mayhem – black metal (Noruega)
  • Agnostic Front – hardcore (EUA)
  • Cattle Decapitation – progressive death metal / grindcore (EUA)
  • Nile – -brutal / technical death metal (EUA)
  • Gatecreeper – death metal (EUA)

loud nove

“Ladder to Hell” é um dos temas do álbum “Midnight Pleasures” dos Scum Liquor lançado este ano.


Exomortis – passados 23 anos finalmente o álbum

Exomortis foi uma banda de death metal formada em Maceira (Leiria) no verão de 1990, originalmente formados por Lhô (voz), Sérgio Cardoso (guitarra), Paulo Sexy (guitarra), Bigodes (baixo) e Miguel Felícia (bateria). Em 1991 gravam a demo “Exomortis… But Live to Die”, seguida da demo “From Darkness to Darkness”, em 1992 participam na colectânea nacional “The Birth of a Tragedy”, acabando por editar no início de 1994 a demo “1993”, tento dado o último concerto em Março de 1997, passando a apresentar o novo projecto de nome Canker Bit Jesus.

exomortis1

exomortis2

Passados estes anos e após terem gravado um álbum que nunca chegou a ser apresentado é lançado no próximo dia 4 de Novembro o álbum Exomortis pela Firecum Records e pela BoneSaw Entertainment.

EXomortis firecum

Enquanto não chega este álbum fiquemos com o tema “Reflections of the Last Memory” apresentado na colectânea “The Birth of a Tragedy”.


Subtle Death #73 – Novembro 2019

Subtle Death Magazine é uma publicação que chega de Cuba, que tem como editor Omar Vega a liderar uma excelente equipa e que apresenta já 73 números desta publicação de download gratuito aqui. Uma das publicações bastante interessantes de hoje em dia com realce para o que se vai fazendo no underground do outro lado do Oceano Atlântico. A não perder! Entre muita informação este número conta com entrevistas a:

  • Killing Tyranny – heavy metal (EUA)
  • M.K. Ultra – thrash / speed metal (Mexico)
  • Fleshtorture – brutal death metal / grindcore (Nicaragua)
  • Conflicto – death metal / grindcore (El Salvador)
  • Combat Noise – death metal / grindcore (Cuba)
  • Ñudrop – nu metal / post grunge (Argentina)
  • Degollado – black / death metal (Venezuela)

subtle death

M.K. Ultra com o tema “Mental Slaves” do álbum “Born of Malleus Maleficarum”

 

 


World of Metal # 30 – Julho 2019

É o número 30 que a World of Metal apresenta, revista digital de download gratuito aqui, desta feita com 106 páginas, escrita em português, apresentando na capa os norte-americanos Death Angel, com muita informação e entrevistas a:

  • Afterbleeding – technical brutal death metal (Porto)
  • Grievance – black metal (Caldas da Rainha)
  • Defying Decay – metal (Tailândia)
  • Gumomaniacs – thrash metal (Alemanha)
  • Ventre Maligno – atmospheric black metal (Bragança)
  • Uivo Bastardo – heavy / industrial metal (Lisboa)
  • Qantice – symphonic power metal (França)
  • Nihility – death metal (Porto)
  • Glasya – symphonic metal (Lisboa)
  • Aephanemer – melodic death metal (França)
  • X Romance- AOR (Suécia)
  • Cinemuerte – rock (Lisboa)
  • Martelo Negro – death / black / thrash metal (Lisboa)
  • A New Revenge – hard rock (EUA)
  • Sojourner – epic / atmospheric black metal (Nova Zelândia / Suécia / Itália)
  • Midnight Priest – heavy metal (Coimbra)
  • Death Angel – thrash metal (EUA)

WOM 30

De seguida o vídeo do tema “Em Lucefécit” de Grievance que faz parte do terceiro longa-duração com o mesmo nome deste tema e que foi lançado em Fevereiro de 2019 pela War Productions.


Diabolos Hermeticum apresentam o novo tema “Lux Invictus”

Diabolos Hermeticum, é um projecto do Ricardo Dias e Bruno Silva, respectivamente guitarrista e baixista dos Heavenwood, estando neste trabalho a praticar uma sonoridade dark avantgarde metal e que tinham lançado em Maio de 2019 o single “The Shallow Remains”, lançam agora o novo tema “Lux Invictus”. Mais novidades em breve!

 


Loud! # 220 – Julho 2019

Depois de assimilar este novo número da Loud! está então na hora da divulgação. São 60 páginas escritas em português, com capa a fazer referência aos norte-americanos Slayer e a sua anunciada última tour antes de cessar actividades. Neste número apresentam entrevistas com:

  • Wildnorthe – dark synth / experimental (Lisboa) – studio report
  • Sum 41 – punk rock (Canadá)
  • D-A-D – hard rock (Dinamarca)
  • Sabaton – power metal (Suécia)
  • Russian Circles – atmospheric / post-metal (EUA)
  • Torche – stoner / sludge metal / rock (EUA)
  • Lingua Ignota – neoclassical dark wave (EUA)
  • Cave In – hardcore (EUA)
  • Slayer – thrash metal (EUA) – especial
  • Memoriam – death metal (Inglaterra)
  • Destruction – thrash metal (Alemanha)
  • Pinkish Black – experimental rock (EUA)

Loud Julho

O LOUD! DJ deste número é com o Hélder Raposo e o David Jerónimo, vocalista e baterista respectivamente, dos lisboetas Uivo Bastardo, formados em 2017 e que editaram em Maio de 2019 a sua estreia “Clepsydra”, aqui com o vídeo do tema “Refúgio”.

 


Um Metaleiro Também Chora estreia o seu primeiro festival amanhã no Carqueijo (Mealhada)

O metal está de volta a terras da Bairrada para o primeiro festival de Um Metaleiro Também Chora a decorrer amanhã, sábado 22 de Junho, no Parque Natural Roda Moinas, no Carqueijo (Mealhada).

22_Um Metaleiro Tambem Chora Fest

Um evento que em termos de espectáculo contará com:

Serrabulho – party death / grind – Vila Real – festa, música e profissionalismo é o que nos apresenta este quarteto nortenho formado em 2011 e que apresentou o ano passado o seu terceiro longa-duração com o nome “Porntugal (Portuguese Vagitarian Gastronomy)”

Analepsy – slamming brutal death metal – Lisboa – poder em palco reconhecido por todos, lançou em 2017 o seu primeiro longa-duração “Atrocities from Beyond”

In Vein – death / groove metal – Porto – formados em 2015 lançaram em 2017 a sua estreia “Resurrect”

Infraktor – death / thrash metal – Aveiro / Porto – nascidos em 2013 apresentam em 2018 o seu trabalho “Exhaust”

Booby Trap – crossover – Aveiro – banda mítica de Aveiro, com a primeira formação a remontar a 1993, após uma longa paragem voltou há uns anos às lides musicais e em 2019 lançam o seu terceiro longa-duração “Stand Up and Fight”

Bad! – raw / core – Caldas da Rainha

Para animar as hostes aqui vai o vídeo dos Booby Trap do tema “Full of Shit”.

 

 


World of Metal # 29 – Junho 2019

Mês de Junho e a edição de um novo número da World of Metal, de download gratuito, com 106 páginas escritas em português. Na capa deste número apresentam os norte-americanos Possessed, que em breve terão passagem nacional para concertos em Lisboa e no Porto.

De resto é uma publicação que convém ler sempre acompanhada pelo respectivo som das bandas, que é o que sempre faço e que por vezes encontramos excelentes surpresas. Mas este número tem muito mais para oferecer, onde sempre gostei dos editoriais do Fernando Ferreira, também há um especial com os Black Cross, onde também apresentam uma entrevista com o Luís Neto, autor do livro sobre os Black Cross. Muito mais há a referir como por exemplo o artigo “A Velha Guarda” do João Azevedo, mas há mesmo mais, muito mais.

 

Em termos de entrevistas temos então:

  • Blind the Eye – melodic death metal (Santa Maria da Feira)
  • Autopsya – thrash metal (Loures)
  • Next Time Mr. Fox – metalcore (Itália)
  • Push! – hardcore (Lisboa)
  • Fitacola – punk / rock (Coimbra)
  • Artigo 21 – punk / rock (lisboa)
  • The End Machine – hard rock (EUA)
  • Port Noir – progressive metal (Suécia)
  • Spirits of Fire – heavy metal (EUA)
  • M.E.D.O. – hardcore (Faro)
  • De Lirium’s Order – technical death metal (Finlândia)
  • Humanart – black metal (Santo Tirso)
  • Lance King – progressive power metal (EUA)
  • Ravensire – heavy metal (Lisboa)
  • Týr – progressive / folk metal (Ilhas Faroé)
  • Possessed – death / thrash metal (EUA)

WOM 29

Para terminar segue o vídeo “Beer for Life” dos Autopsya que faz parte do seu EP “Beer Maniacs” de 2019.


Dallian apresenta o vídeo do tema “The Nun of Azrael” do seu álbum “Automata”

Dallian

Dallian, banda leiriense de progressive / symphonic / death metal e com um imagético steampunk, fundada em 2017, apresentou em Maio de 2018 o seu álbum de estreia “Automata”, do qual apresentou na semana passada o video clip do tema “The Nun of Azrael”.

O meu primeiro contacto com esta banda ocorreu da forma normal, nas redes sociais, e foi o concerto que deram no último Mosher Fest que me deixou com um sorriso na cara pela prestação e sonoridade apresentadas! Entretanto foram os vencedores do  concurso de bandas do Vagos Metal Fest, tendo como prémio a participação no respectivo festival no dia 8 de Agosto, onde também actuarão nesse dia os Candlemass e Jinjer entre outros.

Como próximos eventos irá participar na apresentação do álbum “Thus Spoke the Antichrist” dos Nihility (death metal – Porto) no dia 15 de Junho no Canecas Bar em Paços de Ferreira, onde como banda convidada também haverá os Wrath Sins (thrash / progressive metal – Vila Nova de Gaia).

E agora sim, segue o video “The Nun of Azrael”, sendo a banda composta por Carlos Amado (voz / guitarra), Leandro Faustino (guitarra), Ricardo Carniça (guitarra) e André Fragoso (bateria).


Loud! # 219 – Junho 2019

É sempre de bom grado que recebemos mais um número da Loud! que tem como cartão de visita o último álbum dos norte americanos Baroness, com o título “Gold & Grey” (sim, é o quinto álbum com os títulos a rondarem as cores) e o artwork a cargo de John Dyer Baizley. Neste número temos então 60 páginas em português, salientando os artigos do David Soares, assim como o Loud!DJ com a Rute Fevereiro e o Pedro Antunes dos Enchantya (editaram recentemente o seu segundo longa-duração “On Light and Wrath” pela Inverse Records), além das entrevistas com:

  • Commando – thrash metal (Portugal)
  • Lost in Kiev – post-rock / alternative (França)
  • Ringworm – thrash metal / hardcore (EUA)
  • Employed to Serve – hardcore (Inglaterra)
  • Ghost – heavy metal / rock (Suécia)
  • Årabrot – rock (Noruega)
  • Affäire – hard rock (Lisboa)
  • Midnight Priest – heavy metal (Coimbra)
  • Black Bombaim – rock Barcelos
  • Equaleft – metal / groove / progressive (Porto / Gaia)
  • Baroness – progressive sludge metal (EUA)
  • Glassjaw – post-hardcore (EUA)
  • Corrosion of Conformity – crossover / sludge / southern metal (EUA)
  • Sunn O))) – drone / doom metal (EUA)

LOUD! 219.jpg

Para terminar temos o tema “Paradise Café” dos Affäire e que faz parte do seu álbum “Less Ain’t More”.


Nihility, lança dia 24 de Maio o seu álbum de estreia “Thus Spoke The Antichrist”

Nihility, banda portuense de black / death metal formada no ano de 2012 lança no dia 24 de Maio o seu álbum de estreia “Thus Spoke The Antichrist”, disponível no bandcamp da editora sueca Black Lion Records. Apresenta nove temas entre os quais “Indulge Self Restraint”, “Organic Fallacies” e “Will to Nothingness”. Produzido, misturado e masterizado no Ultrasound Studios, tem na capa uma ilustração do pintor francês Gustave Doré (1832 – 1883 e sim é o mesmo que os Emperor recorreram no split com os Enslaved em 1993 ao utilizarem o desenho “A Visão da Morte”). A banda é constituída por Mário Ferreira (voz), Renato Barbosa (guitarra), Miguel Vanzeler (guitarra), Miguel Seewald (baixo) e Luís Moreira (bateria).

Nihility.jpg

No próximo dia 15 de Junho será o concerto de apresentação deste álbum no Canecas Bar em Paços de Ferreira com a presença dos Dallian (progressive / symphonic / death metal – Leiria) e Wrath Sins (thrash / progressive metal – Vila Nova de Gaia).

15_Nihility.jpg

Segue o tema “Indulge Self Restraint” dos Nihility.


Fogo Infernal, novo projecto de Ricardo Pombo com sonoridade black metal, apresenta “Demo I”

Fogo Infernal

Ricardo Pombo, conhecido como vocalista da Cruz de Ferro, apresenta o seu novo projecto de nome Fogo Infernal, black metal com letras portuguesas, e que tem disponível no bandcamp da banda  a “Demo I” com os temas “Lusitânia Obscura”, “Ladrões de Almas”, “Os tempos do Fim”, “O Cronista das Trevas”, “Intro” e “Habemus Papam”.

A música e todos os instrumentos ficaram a cargo do Ricardo Pombo, Eurico dias escreveu as letras de “Ladrões de Almas” e “Os Tempos do Fim”, enquanto que as letras de “Lusitânia Obscura” ficaram a cargo da Cátia Godinho. O logo ficou a cargo do João Pereira.

Aqui podemos ouvir o tema “Fogo Infernal”.

 


Speedemon, com a faixa “Speedemon” para ouvir e concerto de apresentação ao álbum “Hellcome” no dia 17 de Maio

Na sexta-feita 17 de Maio os Speedemon apresentam no Side B Rocks em Alenquer o álbum “Hellcome” e terá como banda convidada os Pure Steel Band.

17_Speedemon

Este será o primeiro longa-duração dos Speedemon de Vila Franca de Xira, praticantes de speed / thrash metal formados em 2011 e que conta com a seguinte formação: Bruno Brutus (voz / guitarra), Jorge Bicho (guitarra), Diogo “Diley” Pereira (baixo) e Luís Meco (bateria).

Antes tinham apresentado o tema “Atrocity Divine” e aqui segue o tema “Speedemon”.


World of Metal # 28 – Maio 2019

Novo número da World of Metal, de download gratuito, com 124 páginas escritas em português, que mostram bem o trabalho do seu director Fernando Ferreira, assim como de toda a equipa de colaboradores. Desta vez apresentam entrevistas com:

  • Meridian – heavy metal (Dinamarca)
  • Pledge – post-hardcore / indie (Viana do Castelo)
  • Lazibones Flame Kids – post-rock / emotional indie core (Itália)
  • Asphodelia – symphonic metal (Itália)
  • Toxik Attack – thrash metal (Guimarães)
  • Armortura – thrash metal (Inglaterra)
  • Rama – stoner (Itália)
  • A Dream of Poe – gothic /doom metal (São Miguel (Açores) / vários)
  • My Enchantment – melodic death metal (Barreiros)
  • New Mecanica – rock / metal (Barreiro)
  • Tó Pica – rock / metal (Lisboa)
  • Steel Prophet – power metal (EUA)
  • Kampfar – pagan black metal (Noruega)
  • Cellar Darling – progressive folk rock (Suiça)
  • Myrath – progressive metal (Tunísia)
  • Misery Index – death metal / grindcore (EUA)
  • Candlemass – epic doom metal (Suécia)
  • Sugiru – rock (Porto)

WOM Maio 19

Os vimaranenses Toxik Attack apresentaram em Março de 2019 o vídeo “Prazer de Matar” do álbum “Assassinos em Série” lançado através da Helldprod Records.

 


Waterland apresenta o vídeo “Darklight” do novo álbum “Darklight in Riverwood”

Waterland

Waterland, banda de Barcelos fundada em 2007 e praticante de melodic power metal apresenta o vídeo do tema “Darklight”, em avanço do álbum “Darklight in Riverwood”, com edição prevista para Setembro de 2019 e que será o seu quinto longa-duração após os álbuns “Waterland” (2008), “Virtual Time” (2010), “Our Nation” (2015) e “Signs of Freedom” (2017). A banda é composta por Patrícia Loureiro (voz), Miguel Gomes (guitarra), António Silva (teclados), Ivan Batista (baixo) e Tiago Moreira (bateria).


Loud! # 218 – Maio 2019

Não se pode dizer muito quando se publica o número 218 desta revista que é um marco no panorama nacional! Este número da Loud! apresenta na capa os noruegueses Darkthrone, outra das grandes instituições a nível mundial do que é o metal e da importância desta banda ao longo dos vários anos. Ora bem, são ao todo 60 páginas em português, com o que já nos vem habituando, desde as notícias às críticas, sendo de realçar o regresso dos artigos do David Soares, sob o título “Marginália e Imaginário”, assim como a fantástica segunda parte do Loud!DJ com Belathauzer e Arrno Maalm dos Filii Nigrantium Infernalium. Ao todo entrevistas com:

  • Solar Corona – psychedelic rock (Barcelos)
  • Myrath – progressive metal (Tunísia)
  • Cinemuerte – rock (Lisboa)
  • Earth – psychedelic / post-rock (EUA)
  • Inter Arma – sludge / black / death / post-metal (EUA)
  • Gaahls Wyrd – black metal (Noruega)
  • Enforcer – heavy / speed metal (Suécia)
  • Martelo Negro – death / black / thrash metal (Lisboa)
  • Darkthrone – black / heavy / speed metal (Noruega)
  • Enthroned – black metal (Bélgica)
  • Full of Hell – grindcore / death metal (EUA)
  • Possessed – death / thrash metal (EUA)
  • Fleshgod Apocalypse – symphonic / technical death metal (Itália)

 

Loud

Para acompanhar nada melhor que os Martelo Negro, aqui com o tema “Rameira Necromante” do seu último álbum “Parthenogenesis” lançado pela Helldprod Records.

 


Fora de Rebanho, com mais concertos logo à noite na ASDREQ (Quintela de Orgens / Viseu)

 

Mais uma noite de música bem animada e organizada pela Fora de Rebanho – Associação Cultural e que conta com o seguinte cartaz:

11_Fora do Rebanho

The Quartet of Woah – rock – Lisboa, formados em 2010 editaram o seu segundo longa duração com o título “The Quartet of Woah!” em 2017 pela Raging Planet Records

Prayers of Sanity – thrash metal – Lagos, com três trabalhos editados sendo o último de 2017 com o título “Face of the Unknown” pela Rastilho Records, esta banda algarvia foi fundada em 2007 para reviver os velhos temas thrash que se faziam nos anos 80

Systemik Violence – “Satanarkist Raw Metalpunk Hardcore Attack!!!” é assim que esta banda lisboeta define o seu som, sendo o EP 7″ “Anarquia-Violência” editado em Abril de 2018 o seu último lançamento

Bad! – raw / core – Caldas da Rainha

M.I.L.F. – metal – Braga, Music in Low Frequencies!

 

Para terminar aqui segue o tema “Someday” dos Prayers of Sanity do seu último álbum “Face of the Unknown”.


Midnight Priest e o tema “On Your Knees for Metal” do seu novo álbum “Aggressive Hauntings”

Midnight Priest

Para quem ainda não ouviu aqui segue o tema “On Your Knees for Metal” do terceiro longa-duração dos Midnight Priest, banda coimbrã de heavy metal que têm disponível desde ontem o seu terceiro longa duração.


Versus Magazine # 52 – Abril 2019

Uma das minhas principais fontes de descoberta de novos sons e novos projectos continua a ser as várias publicações que se fazem dentro do metal desde as fanzines às magazines, daí a constante divulgação do que se vai editando com origens no nosso país.

Desta vez temos o número 52 da Versus Magazine, em que apresentam na capa os suecos Soen. Ao todo temos 109 páginas, escritas em português e de download gratuito e que podem verificar na página da Versus Magazine.

 

Seguem as entrevistas deste mês:

  • Nervosa – thrash metal (Brasil)
  • Destroyers of All – progressive death / thrash metal (Coimbra)
  • Alcides Burn – artista / ilustrador (Brasil)
  • Embryonic Cells – death / black metal (França)
  • Last in Line – heavy metal / hard rock (EUA)
  • Tim Bowness – prog rock (Inglaterra)
  • Soen – progressive metal (Suécia)
  • Blurr Thrower – atmospheric black metal (França)
  • Ricardo Pires – Heart of Buda – Tattoo Shop
  • Besta – grindcore / punk (Lisboa)
  • Flak (ex-Rádio Macau, ex-Micro Audio Waves)
  • Cosmic Mass – stoner (Aveiro)
  • Rauhnåcht – pagan black metal (Áustria) VersusDestroyers of All, banda de Coimbra (progressive death / thrash metal) editou este ano o segundo longa-duração com o título “The Vile Manifesto”, do qual segue o tema “Tohu Wa-Bohu”.

     

     

     


Concerto de apresentação da Platinum Edition de “Much Higher Than a Hope”/”Ellipsis” dos Iberia no RCA Club

No dia 25 de Abril os Iberia apresentam no RCA Club em Lisboa a platinum edition do álbum “Much Higher Than a Hope” (editado em Abril de 2017 pela Raising Legend Records), que inclui como bónus o EP “Ellipsis” (lançado em Fevereiro de 2019 pela Rastilho Records). Esta reedição está a cargo da Rastilho Records.

Seguem os temas deste trabalho:

CD1 “Much Higher Than a Hope”
1. Memoirs (Intro)
2. Sanctuary Of Dreams
3. End Of Days
4. Living A Lie
5. Chain Of Tears
6. Miss You
7. Rising Inferno
8. Last Queen On Earth
9. Much Higher Than A Hope
10. God’s Euphoria
11. Poisoned
CD2 “Ellipsis”
1. Hope
2. Revolution
3. Heroes
4. Iberia

Os Iberia contam com mais de 30 anos de formação, começando em 1986, editando o primeiro longa duração “Iberia” em 1988 (Discossete), sendo os seus sucessores os álbuns “Heroes of the Wasteland” (Discossete) de 1990 e o “Revolution” de 2011. Uma das bandas icónicas do país, da Baixa da Banheira e praticante de hard rock / metal. Actualmente a banda é composta por Hugo Soares (voz), Jorge Sousa (guitarra), Hugo “Pepe” Lopes (guitarra), João Sérgio (baixo), Rui Gonçalves (teclados) e David Sequeira (bateria).

A acompanhar este concerto de lançamento, participam nesta festa os lisboetas Affäire, que como eles próprios dizem praticam sleazy rock n roll. Com origem em 2011 lançam nesse ano o single de estreia “Born Too Late”, ficando a estreia de um longa duração para 2015 com “At First Sight” (Demon Doll Records (EUA)) e que aproveitam este concerto para mostrar o novo álbum “Less Ain’t More”. A banda é constituída por Dizzy Dice Mike (voz), Rick Rivotti (guitarra), Tawny Rawk (baixo) e J. P. Constanza (bateria).

25_Iberia